INFECTOLOGISTA CURITIBA

Diagnóstico e tratamento de doenças infecciosas em um consultório moderno e privativo no centro de Curitiba. 

infectologista curitiba
infectologista curitiba

Olá, eu me chamo Richard Portier,

Eu sou médico infectologista especialista no diagnóstico e tratamento de doenças infecciosas.

Infectologista curitiba

Médico graduado pela Universidade Positivo.

Infectologista graduado pelo Programa de Residência Médica em Infectologia do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná.

Membro da Sociedade Brasileira de Infectologia.

Membro da International AIDS Society.

Pós-graduado no Curso de MBA de Gestão de Saúde pela Fundação Getúlio Vargas/ISAE.

✅ Foi Infectologista do Hospital Geral de Curitiba (2018 – 2020).

✅ Foi Presidente da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar do Hospital Geral de Curitiba (2018 – 2020).

QUEM CONFIA E ACREDITA NO NOSSO TRABALHO

infectologista curitiba

A melhor forma de realizar o diagnóstico e tratamento de uma doença infecciosa é através do médico especialista em infecções, o infectologista…

infectologista curitiba

Se você está preocupado e suspeita que pode estar com uma doença infecciosa e quer ficar saudável, eu quero te ajudar…

O médico infectologista:

✅ Trata doenças como o HIV, hepatite B, hepatite C, sífilis, toxoplasmose, candidíase, gonorreia, clamídia, herpes simples, herpes zóster, entre outras.

✅ Diagnostica e trata diversas infecções, como urinárias, pulmonares, abdominais, ossos, pele e sexualmente transmissíveis.

✅ Diagnostica vários sintomas, entre eles, febre, tosse, “ínguas” e perda de peso. As doenças infecciosas estão entre os diagnósticos mais frequentes e podem ser diagnosticadas através história clínica, exame físico, exames laboratoriais e exames de imagem.

✅ Solicita exames de rotina como teste para o HIV, sífilis, hepatite B e hepatite C. Principalmente para aquelas que se expõem a algum risco sexual, como realizar sexo sem preservativo ou ter vários parceiros (as) desconhecidos. O diagnóstico precoce impede que a doença progrida para os estágios mais avançados.

✅ Prescreve vacinas para prevenir várias doenças infecciosas, como a febre amarela, sarampo, herpes zóster, HPV, hepatite B, hepatite A, meningite, entre outras. A vacinação não protege apenas você, mas também as pessoas ao seu redor. Por isso saber se elas estão em dia é muito importante.

✅ Consulta viajantes para evitar problemas de saúde durante a viagem. Deve ser realizada 6 semanas antes da partida para prescrição de vacinas, antibióticos, antivirais e outros medicamentos como a quimioprofilaxia para malária.Infectologista Curitiba

Por que as doenças infecciosas estão entre os diagnósticos mais frequentes?

Porque bactérias, vírus, fungos e parasitas estão em contato com nós em todos os momentos. Alguns até vivem conosco, na nossa pele, dentro do nosso trato gastrointestinal e do nosso aparelho reprodutor.

Porém outros podem causar doenças. E a maioria deles contraímos através de relações sexuais, contato, ar ou alimentos e água contaminada.

Como nós precisamos respirar e comer todos os dias, e temos relações sexuais frequentemente, estamos em risco sempre.

Quem nunca comeu alguma coisa e passou mal? Ou entrou em contato com uma pessoa resfriada e acabou ficando resfriado também? Ou fez sexo sem preservativo e contraiu uma infecção sexualmente transmissível?

Os microrganismos fazem parte da nossa vida. Por isso as doenças infecciosas estão entre os diagnósticos mais frequentes. E podem causar desde uma infecção simples até grave, e em diferentes órgãos.

Portanto, as doenças infecciosas podem se apresentar com vários tipos de sintomas, entre eles, febre, perda de peso, tosse, diarreia, “ínguas”, dor de cabeça, dor ao urinar, lesões de pele, entre vários outros. E são sintomas que atrapalham nossa vida e nossa rotina, por isso devemos procurar assistência médica. Infectologista Curitiba.

Por que o diagnóstico precoce aumenta a eficácia dos tratamentos e a qualidade de vida?

Na década de 80, quando descobrimos o vírus HIV, causador da AIDS, a pessoa que recebia o diagnóstico também recebia uma sentença de morte.

Com o passar dos anos e o surgimento do tratamento com antirretrovirais, as pessoas deixaram de morrer por causa do vírus, porém o tratamento ainda causava muita toxicidade e efeitos colaterais. Por isso, antes, não tratávamos todas as pessoas. Só as que progrediam para a fase AIDS.

Porém essa conduta expunha a pessoa às doenças oportunistas e diminuía muito a sua qualidade de vida. Foi então que decidimos tratar todas elas.

Hoje o tratamento evoluiu tanto que as pessoas vivendo com o HIV tomam dois comprimidos por dia, sem efeitos colaterais, e tem uma expectativa de vida semelhante a quem não tem o vírus. Ou seja, irá morrer de outra doença ou acidente, não por causa dele.

Por isso o diagnóstico precoce de TODAS as doenças são importantes. Algumas mais do que outras, mas sempre são importantes. Citei o HIV como exemplo, porém posso citar outras como a hepatite B, hepatite C, sífilis, gonorreia, clamídia, candidíase, herpes zóster, herpes simples, entre outras. Quanto mais tarde o diagnóstico, maior a chance de uma complicação que pode deixar sequelas ou pior, ser fatal. Infectologista Curitiba.

Por que a prevenção é melhor maneira de manter-se saudável?

É incrível como as pessoas associam “prevenção” com atividade física diária, alimentação balanceada, exames de rotina (como glicemia, colesterol, mamografia, papanicolau, entre outros) e esquecem que as vacinas são a melhor forma de prevenir doenças infecciosas, principalmente para os adultos e idosos.

A vacinação não protege apenas você, mas também as pessoas ao seu redor. Graças às vacinas, doenças transmissíveis, como a poliomielite, foram erradicadas no Brasil. Porém, movimentos anti-vacinas surgiram, e a baixa adesão a vacinação fez com que doenças antes raras e graves, como o sarampo, voltassem, como ocorreu no norte do Brasil em 2018 e em vários países na Europa.

O cruzeiro marítimo com casos de sarampo é um exemplo que independente do destino da sua viagem, ver se suas vacinas estão em dia já é uma oportunidade para se manter saudável.

Quando você está em apuros, pensa: “Poderia não estar em risco se eu tivesse tomado a vacina tríplice viral”. A falta de planejamento e de conhecimento pode prejudicar a sua viagem.

Outros exemplos:

❌ Não entrar em um país ou fazer uma conexão, pois não tomou a vacina da febre amarela.

❌ Ficar dias com diarreia incapacitante, pois não levou um antibiótico para tratamento.

❌ Pegar uma infecção transmitida por mosquitos, pois não se protegeu.

E eu posso continuar dando vários exemplos de situações que poderiam ser evitadas. Não deixe que uma infecção estrague a sua viagem. Infectologista Curitiba.

Agende sua consulta em um consultório novo e moderno, para manter a sua privacidade e conforto, no centro de Curitiba.

infectologista curitiba

Previous
Next

Dispomos de estacionamento conveniado no edifício.

Rua Conselheiro Araujo, 434, sala 41- Centro – Curitiba/PR

Ou ligue no número abaixo de segunda a sexta-feira das 09 às 18 horas.

Infectologista Curitiba

Médico Infectologista

CRMPR 32.357

RQE 23.586

Nenhuma informação desta página ou da Comunidade Além do Indetectável substitui uma consulta presencial com seu médico. Jamais faça nenhuma mudança no seu tratamento sem antes consultar seu médico ou profissional de saúde. É só ele quem poderá avaliar de perto a sua situação atual e decidir se você está apto ou não à essas alterações. Portanto, é imprescindível que você tenha acompanhamento médico para sua segurança. Se tiver qualquer dúvida, envie um email para richard@richardportier.com que responderemos o mais breve possível. Obrigado!

© 2020 Richard Portier. Todos os direitos reservados. Termos de uso.