ARTIGO

8 orientações sobre o COVID-19 e pessoas vivendo com HIV

Por Dr. Richard Portier

em 02 de maio de 2020.

Hoje (23/03/2020) saíram novas atualizações do Departamento de HIV/AIDS dos EUA para pessoas que vivem com HIV. Veja as 8 principais orientações:

#1 Como me proteger.

Os cuidados de prevenção já estão amplamente divulgados pela mídia. Incluem lavagem de mãos, evitar contato próximo e isolamento social. Siga as orientações da Secretaria de Saúde da sua cidade e do Ministério da Saúde.

#2 Meu tratamento

Mantenha disponível, pelo menos, um suprimento de 90 dias de antirretrovirais e outros medicamentos. Se estava planejado uma troca de medicamento, considere adiar a troca até que seja possível acompanhamento e monitoramento.

#3 Meus exames e consultas

Juntamente com seus profissionais de saúde, você deve avaliar os riscos e benefícios de comparecer, ou não, pessoalmente às consultas e exames. Para a decisão, considere como está a epidemia na sua cidade e a sua saúde (por exemplo, sintomas, contagem de células CD4 e carga viral de HIV). Consultas on-line e por telefone podem substituir a consulta presencial. Se você está sem sintomas, com a carga viral indetectável e CD4 estável, adie sua consulta e exame.

#4 Devo tomar vacinas?

As vacinas contra gripe e a pneumocócica devem ser mantidas e atualizadas.

#5 Quando devo procurar o hospital?

Em caso de febre alta que não diminui com antitérmicos, febre por mais de 48 horas, muita tosse, falta de ar e respiração rápida, procure uma UPA ou um pronto atendimento. Vá com máscara, porém, se você não tiver, peça imediatamente ao chegar no local e avise sobre a suspeita, para que você seja isolado em uma sala.

#6 Se estou em isolamento em casa.

Observe e monitore os seus sintomas. Utilize antitérmicos e analgésicos quando julgar necessário. Se a febre persistir por mais de 48 horas ou piora dos sintomas, procure atendimento da UPA ou no pronto atendimento. Fique em isolamento 7 dia após seus sintomas desaparecerem. Continue seu tratamento e tome seus medicamentos, conforme prescrito.

#7 Se estou internado no hospital.

Continue seu tratamento e tome seus medicamentos, conforme prescrito. As substituições de medicamentos devem ser evitadas.

#8 Irei começar um tratamento para COVID-19.

Atualmente, não existe tratamento aprovado para o COVID-19. Vários medicamentos estão sendo estudados. Caso seja prescrito um tratamento para você, peça para o médico avaliar possíveis interações medicamentosas com o seu tratamento do HIV. Por isso é importante relatar que você vive com HIV.

Abaixo também estão informações sobre riscos.

  1. Pessoas com idade maior que 60 anos e portadores de diabetes, hipertensão, doença cardiovascular ou doença pulmonar têm maior risco de desenvolver doença grave, independe se vive ou não com HIV.

  2. Os dados atualmente disponíveis não indicam que o curso da doença do COVID-19 em pessoas com HIV difere das pessoas sem HIV.

  3. Embora limitados, os dados atualmente disponíveis não indicam que as gestantes são mais suscetíveis à infecção por COVID-19 ou que as gestantes com COVID-19 tem doença mais grave.

  4. Crianças parecem ser menos propensas a ficarem gravemente doentes. No entanto, crianças com doença pulmonar grave ou imunossuprimidas devem ser monitoradas. Converse com o pediatra.

  5. Se você está em fase AIDS ou sem tratamento, tome cuidados adicionais. Converse com o seu médico sobre o isolamento domiciliar.

ENTENDA O SEU TRATAMENTO PARA EVITAR A FALHA TERAPÊUTICA E A RESISTÊNCIA OS MEDICAMENTOS

Evite a AIDS e suas complicações.

Médico Infectologista

CRMPR 32.357

RQE 23.586

Nenhuma informação desta página e dos nossos produtos substitui uma consulta presencial com seu médico. Jamais faça nenhuma mudança no seu tratamento sem antes consultar seu médico ou profissional de saúde. É só ele quem poderá avaliar de perto a sua situação atual e decidir se você está apto ou não à essas alterações. Portanto, é imprescindível que você tenha acompanhamento médico para sua segurança. Se tiver qualquer dúvida, envie um email para richard@richardportier.com que responderemos o mais breve possível. Obrigado!

© 2020 Richard Portier. Todos os direitos reservados. Termos de uso.